Observador de Justiça da China

中国 司法 观察

InglêsArabeChinês (simplificado)DutchFrancêsAlemãohindiItalianoJapaneseKoreanPortuguêsRussaEspanholsuecohebraicoIndonesianvietnamitatailandêsturcoMalay

Como as procuradorias da China conduzem litígios de interesse público?

Dom, 19 de setembro de 2021
Categorias: Insights

avatar

Principais tópicos:

  • A procuradoria pode propor ações cíveis de interesse público contra particulares e ações administrativas de interesse público contra o governo.
  • O contencioso cível de interesse público movido pela procuradoria normalmente consiste em cinco fases: (i) descoberta e avaliação da pista; (ii) investigação; (iii) revisão; (iv) anúncio; (v) iniciar processos judiciais.

No nosso num post anterior, informamos que as procuradorias da China estão investindo mais recursos em litígios de interesse público.

Então, como as procuradorias da China conduzirão os litígios de interesse público?

Podemos saber melhor sobre os processos de trabalho a partir dos dois documentos recentemente emitidos pela Procuradoria Suprema do Povo (SPP), a saber, as “Diretrizes para Tratamento de Casos de Contencioso Civil de Interesse Público pela Procuradoria (para Implementação de Julgamento)” (检察 机关 民事 公益 诉讼案件 办案 指南 (试行)) e as “Regras para o Tratamento de Casos de Contencioso de Interesse Público pela Procuradoria” (人民 检察院 公益 诉讼 办案 规则).

A procuradoria pode propor ações cíveis de interesse público contra particulares e ações administrativas de interesse público contra o governo. Agora, vamos tomar o contencioso civil de interesse público como exemplo.

O processo de contencioso cível de interesse público movido pela procuradoria normalmente consiste em cinco fases: (i) descoberta e avaliação da pista; (ii) investigação; (iii) revisão; (iv) anúncio; (v) iniciar processos judiciais.

1. Descoberta e avaliação de pistas

As pistas dos processos cíveis de contencioso público limitam-se àquelas encontradas pela procuradoria no exercício de suas funções.

Geralmente, o termo “desempenho de deveres” inclui o desempenho de deveres como aprovar a prisão, examinar a acusação, processar, conduzir a supervisão de adjudicação e supervisão de interesse público.

Além disso, dado que a procuradoria trabalha em conjunto com as agências de aplicação da lei, pode-se conhecer seu escopo de autoridade a partir das pistas encontradas na aplicação da lei do governo.

A procuradoria fará um exame preliminar e avaliação das pistas do caso sob três aspectos: (i) a autenticidade das pistas; (ii) a viabilidade de ajuizamento de litígios de interesse público; e (iii) os possíveis riscos sociais.

As pistas serão então transferidas para o sistema de gerenciamento e arquivamento de pistas.

Depois disso, a procuradoria fará uma avaliação mais aprofundada das pistas. Se os dois regulamentos a seguir forem atendidos, a procuradoria deve decidir registrar o caso para investigação:

(1) Os interesses sociais e públicos foram prejudicados;

(2) Os atos ilícitos lesivos do interesse público enquadram-se no âmbito do contencioso de interesse público que pode ser interposto pela procuradoria.

2. Investigação

A investigação da procuradoria concentra-se principalmente nos cinco aspectos seguintes:

(1) As informações básicas do infrator;

(2) O ato ilegal cometido pelo agressor;

(3) O dano ao interesse público;

(3) O dano conseqüencial;

(4) A relação causal entre o ato ilícito e o dano;

(5) A culpa subjetiva do infrator;

(6) Se existem fatos relevantes de isenção ou mitigação de responsabilidade aplicáveis ​​ao infrator.

Os métodos de investigação e coleta de evidências da procuradoria incluem o seguinte:

(1) Consultar arquivos e materiais de aplicação da lei administrativa relevantes;

(2) questionar o agressor e as testemunhas;

(3) Coletar evidências, incluindo evidências físicas, evidências documentais, materiais audiovisuais e evidências eletrônicas;

(4) Consultar profissionais e especialistas relevantes;

(5) Realizar avaliação, avaliação e auditoria;

(6) Realizar inspeção no local.

Durante a investigação, a procuradoria pode mobilizar a Polícia Judiciária para auxiliar na investigação em caso de qualquer obstáculo à investigação após avaliação de risco ou observação in loco.

3. Reveja

A procuradoria deve rever o caso e tomar uma decisão com base nos resultados da investigação. Existem duas decisões possíveis:

(1) Encerrar a revisão, ou seja, não haverá litígio de interesse público;

(2) Decidir abrir um litígio de interesse público.

A procuradoria encerrará a revisão e não mais arquivará litígios de interesse público se:

(1) Não há ato ilegal;

(2) O indenizado e o indenizador do caso de dano ao meio ambiente chegaram a um acordo de indenização por meio de consulta;

(3) Os parentes próximos de heróis e / ou mártires não concordam com a procuradoria em abrir um litígio de interesse público;

(4) Outros sujeitos qualificados moveram uma ação judicial por conta própria;

(5) Os interesses públicos foram efetivamente protegidos;

(6) Outras circunstâncias.

4. Anúncio

Antes de iniciar a ação cível de interesse público, a procuradoria deverá divulgar, em mídia nacional, a comunicação aos interessados ​​que está em vias de propor a ação cível de interesse público.

O objetivo do anúncio é lembrar ao titular do direito que ele pode se comunicar com o infrator ou entrar com uma ação por conta própria. Durante o período de anúncio, a procuradoria pode continuar a investigação.

Durante a investigação contínua, se a procuradoria concluir que as condições para o encerramento da revisão e o não arquivamento de litígios de interesse público foram atendidas, ela encerrará a revisão.

A procuradoria pode decidir abrir um litígio de interesse público se considerar que o interesse público ainda está sendo prejudicado e as seguintes condições forem atendidas:

(1) Para casos de indenização por danos ao meio ambiente ecológico, o titular do direito não inicia o procedimento de indenização ou deixa de intentar uma ação judicial após o fracasso da consulta;

(2) Não há assunto qualificado, ou o assunto qualificado não traz uma ação judicial após o término do anúncio;

(3) Não há parentes próximos de heróis e / ou mártires, ou esses parentes próximos não abrem uma ação judicial.

5. Iniciando procedimentos legais

Se a procuradoria decidir abrir um litígio de interesse público, apresentará a acusação de litígio de interesse público e os materiais de prova relevantes ao tribunal como promotor de litígio de interesse público.

Quando o tribunal estiver em sessão, a procuradoria nomeará um procurador para comparecer em tribunal, e o procurador-adjunto pode ajudar o procurador durante a audiência do processo.

Se questões especializadas ou técnicas estiverem envolvidas, a procuradoria pode nomear ou contratar pessoas com experiência para auxiliar o promotor durante a audiência do caso.

 

Foto por Filippo cesarini on Unsplash

 

Contribuintes: Guodong Du 杜国栋 , Meng Yu 余 萌

Salvar como PDF

você pode gostar também

Várias disposições sobre questões relativas à aplicação da lei no julgamento de casos que envolvam disputas sobre violação do direito a novas variedades de plantas (II)

Diversas Disposições do Supremo Tribunal Popular sobre Questões Relativas à Aplicação da Lei no Julgamento de Casos Envolvendo Disputas por Violação do Direito a Novas Variedades Vegetais (II) (最高人民法院 关于 审理 侵害 植物 植物 新 品种权 纠纷 案件 具体 应用 法律 问题的 若干 规定 (二)) foram promulgados em 5 de julho de 2021 e entraram em vigor em 7 de julho de 2021.